O “conto do vigário”: juro 0% ao mês

Consulte

 

Financiamento com juro de 0% ao mês – você acredita? Vamos conferir?

Autor: Eduardo Leopoldino de Andrade

Valor Agregado Consultores

Quantas vezes você se deparou com a proposta de parcelamento de uma compra em quatro vezes sem juros? Ninguém acredita que alguém vá vender algo, com o pagamento em parcelas, sem incluir um sobrepreço a título de juro. O problema é como descobrir qual é o juro que o vendedor embutiu no preço. 

Evidentemente que a maioria das pessoas prefere não pensar nisso porque deseja o produto e não tem dinheiro para comprá-lo à vista. E o brasileiro, no geral, não tem a cultura de economizar antes para comprar à vista depois. Como os vendedores sabem disso, eles aproveitam para vender o produto e ainda emprestar um dinheiro para o comprador. E a forma mais fácil de fazer isso é dizer para o cliente “inconveniente”, que deseja comprar à vista, que a loja não dá desconto.
Mas, como descobrir as taxas de juros embutidas? Você tem que estar disposto a pagar à vista o produto e negociar com alguma firmeza um valor de desconto. Em muitos casos, principalmente em compras mais volumosas onde o vendedor não quer perder a venda, conseguimos um “descontinho” de 3% a 5%. O uso da palavra “descontinho” é exatamente para deixar o cliente com vergonha de ser pão-duro!
Na propaganda da Peugot que ilustra essa introdução a taxa de juro mensal é de 0,6% (apesar de a propaganda dizer 0%). No descontinho de 3%, em quatro pagamentos, a taxa é 2,07% e no descontinho maior de 5%, também em quatro pagamentos a taxa é 3,53%. Você tem aplicações financeiras que rendem isso? Conte para mim. Quer saber como calcular esses valores? Continue comigo no “Leia

 

 mais”.

Por causa da cultura brasileira de não poupar antes, as empresas procuram sempre vender a prazo. As financeiras e bancos têm o costume de oferecer uma comissão para vendedores e lojas para cada financiamento concedido. Algumas grandes cadeias de varejo no Brasil, que publicam balanços, apresentam “lucros não operacionais”, ou seja, obtidos com juros, muito mais expressivos do que os “lucros operacionais”, que são obtidos com as operações de venda de produtos. Os argumentos para convencer os clientes a aceitarem o financiamento são muito engraçados e, muitas vezes, as propagandas não são claras.
Há algum tempo atrás, eu vi uma propaganda muito clara e elucidativa da Peugeot, de outubro de 2013 que eu tenho utilizado como exemplo. Apesar de ser uma oferta antiga, é muito interessante para nossa análise. Reproduzo abaixo a propaganda e mostro, no detalhe, um recorte das condições do financiamento.

Peugeot 1Peugeot 2
Esquecendo o bônus de R$ 5.000,00 que serve apenas de atrativo, podemos ver as seguintes condições:

 

a) Preço à vista: R$ 54.990,00, ou seja, quem tiver esse valor na conta, assina o cheque e leva o carro;
b) Preço para financiamento: R$ 56.674,08, com taxa 0% ao mês, entrada de R$ 32.994,00 e 24 pagamentos de R$ 986,67.
Se você acreditar no preço de R$ 56.674,08, a taxa realmente é 0%, porque:
32.994 + 24 x 986,67 = 56.674,08.
Porém, vamos raciocinar um pouco. Se uma pessoa tem R$ 54.990,00 na conta e resolve financiar o carro, ela tem que dar R$ 32.994,00 de entrada. Assim, restará em sua conta o valor de:
54.990,00 – 32.994,00 = 21.996,00.
O cliente deixou de pagar R$ 21.996,00; esse é o real valor financiado, que deverá ser pago em 24 parcelas de R$ 986,74.
Como calcular essa taxa de juro? Bem, agora precisamos de uma calculadora financeira, por exemplo, HP 12C ou uma planilha de Excel.
Se você tem uma calculadora, acompanhe o raciocínio:
a) Digite 21.996 , aperte a tecla CHS e depois a tecla PV;
b) Digite 986,74 e aperte a tecla PMT;
c) Digite 24 e aperte a tecla n:
d) Aperte a tecla i: após alguns cálculos a máquina fornecerá o seguinte valor:
i = 0,5994 ou seja, a taxa de juro é 0,6% ao mês. Essa taxa mensal é equivalente a 7,43% ao ano. Bem diferente de taxa 0%, não?
Se você repetir esses passos, chegará nos valores das taxas de juros para os descontinhos de 3% e de 5%. Sugestão: imagine um produto de R$ 1.000,00 sendo comprado em quatro pagamentos sem aumento, com entrada de uma parcela de R$ 250,00. No caso do desconto de 3%, o desconto é R$ 30,00 e o valor financiado é de R$ 720,00. No caso do desconto de 5%, o desconto é R$ 50,00 e o valor financiado é de R$ 700,00. Exercite sua habilidade com a HP 12C. Boa sorte.

 Planilha para conferir taxa zero

Mais dicas sobre planejamento de carreira e finanças pessoais? Acesse:

bot consult

 

Link para acessar o blog DICAS DO PROF. LEOPOLDINO

 • Negociação

• Vendas Consultivas

• Compras

• Negociação para Líderes

• Herança sem Conflito

• Sucessão Familiar

• Finanças Pessoais

• Gerência de Carreira

• Gestão de Conflitos

• Desenv. de Equipes

• Coaching

• Liderança

© 2016 - VALOR AGREGADO CONSULTORIA - [31] 98504-1024